Arquivos da Categoria: DEVOCIONAIS

ANSIEDADE: COMO CONTROLAR?

Ansiedade, como controlar? Dizem que a depressão é o excesso de passado, enquanto o transtorno de ansiedade é o excesso de futuro. Nessa vida de excessos, como manter a calma?

Talvez você se identifique com essa cena:

Você quer dormir, mas não consegue porque o pensamento está acelerado. Você incontrolavelmente pensa nos planos para o próximo dia, o trabalho que ficou por fazer, as contas pra pagar e tudo mais, ou está planejando como será os próximos meses, já com algo projetado nos mínimos detalhes.

Apesar disso, o passado ainda te diz que seus planos não darão certo. Seu histórico de frustrações aponta o dedo e diz: “não tente de novo, você vai se decepcionar”.

Já se sentiu assim? Num misto de comportamento depressivo e ansiedade?

Antes de tudo, entenda que eu não sou psicóloga. Sou apenas uma pessoa com empatia, que deseja ajudar, assim como ser ajudada.

DEFINIÇÃO DE ANSIEDADE

Segundo o dicionário, a definição de ansiedade é: grande mal-estar físico e psíquico; aflição, agonia.

Talvez isso defina bem o quadro que eu citei acima. É uma angustia, misturada com aflição. Um desejo de controlar o que é incontrolável.

Daí vem a pergunta: Ansiedade, como controlar? Já que o desejo pelo controle é justamente o problema.

É importante ressaltar que o transtorno de ansiedade é diferente de uma ansiedade comum.

Nós somos ansiosos por natureza. Mas, quando ela não te deixa dormir, faz com que até mesmo seu físico seja afetado e você perceptivelmente não está conseguindo lidar com a situação, então seu caso é mais próximo de um transtorno de ansiedade.

COMO LIDAR COM A ANSIEDADE

COMO LIDAR COM A ANSIEDADE

Mas, afinal, como controlar a ansiedade?

Essa é uma das perguntas mais difíceis a ser respondida. Mas, eu não estou aqui pra te enrolar, então vamos lá:

1 – Passo: Reconhecimento para controlar a ansiedade

Reconheça que precisa de ajuda.

É difícil, mas necessário. Talvez você esteja tentando vencer sozinho, mas está perdendo essa batalha.

Não há problema nenhum em dizer que precisa de ajuda. Procure um especialista, conversa e, mesmo que de forma relutante, abra o seu coração.

No começo, vai parecer que tudo é abstrato demais e não faz sentido algum, mas com o tempo as coisas vão ficando mais claras…

2 – Passo: Autoanálise para controlar a ansiedade

Identifique os comportamentos que mais te deixam ansioso.

As vezes, refazer os planos 200 vezes te deixa mais acelerado e inseguro. Neste caso, fixar em sua mente que a quantidade de vezes que você se planeja não fará as coisas acontecerem mais rápido.

Assim como acessar as redes sociais milhões de vezes também não te trará nenhum resultado.

Em vez disso, por que não abrir um livro?

Acredite, vai ser difícil terminar o primeiro capítulo sem sentir vontade de terminar o livro todo de uma vez só, mas se você vigiar para ler um capítulo e depois meditar nele, tentar entender melhor, vai fazer sua mente trabalhar em outro sentido.

3 – passo: O exercício para controle de ansiedade

Faça exercício físico!

Tá, eu sei, essa você já tinha ouvido…

Mas, apenas para reforçar, a atividade física libera em você substâncias que estimulam o cérebro e trazem prazer.

Que tal fazer uma caminhada e, além de se exercitar, ainda aproveitar para tirar umas fotos das paisagens, admirar o céu…

4 – Passo: Como usar a bíblia para controlar a ansiedade

COMO LIDAR COM A ANSIEDADE (1)

Jesus nos ensina a lançar nossa ansiedade sobre Ele. Nos ensina também a confiar que o amanhã cuidará de si mesmo e que as coisas irão cooperar para o nosso bem.

Mas, o que mais me chama a atenção é que ele diz, categoricamente, que nos deixaria a sua paz.

A paz de Cristo? É, a paz de Cristo.

Leia os capítulo 5, 6 e 7 do Evangelho de Matheus e você verá o como Jesus apoiava uma vida mansa, com propósito e confiante no cuidado de Deus. Essa era a sua paz.

A paz que vem dEle não é mágica, é confiança. E a confiança vem por meio do relacionamento.

Tente isso. Separe alguns minutos por dia para conversar com Deus. Não apenas desabar desesperadamente, mas falar das suas expectativas ao mesmo tempo que escuta as expectativas dEle.

Pare um momento para contemplar quem Ele é. O que Ele fez e faz por você. Apesar das lutas, eu tenho certeza de que você tem vitórias. Lembre – se delas. Lembre – se das orações que foram respondidas e principalmente, lembre – se que Ele não muda.

Falando assim, até parece fácil, mas eu sei que não é.

Depende de esforço e de entender que um dia você verá uma grande diferença e no outro talvez não. Mas, continue… apenas continue…

No fim de tudo, vai valer a pena!

Se identificou com este artigo? Então, deixe aqui nos comentários como você se sente quanto a ansiedade. Compartilhe suas experiências e vamos unir forças para encontrar a paz!

Anúncios

4 PASSOS INFALÍVEIS PARA LIDAR COM UMA TRAIÇÃO

A traição causa feridas emocionais e psicológicas difíceis de serem tratadas. Porém, não é impossível. A boa notícia é que, lidar com a traição fará de você uma pessoa muito, muito melhor!

Antes de compreender especificamente como lidar com uma traição, é preciso entender que nem sempre o tema está ligado apenas ao relacionamento conjugal. A traição pode acontecer no trabalho, em uma amizade e, acredite, algumas vezes, nós mesmo estamos nos traindo.

Trair é quebrar o vínculo. Defasar a confiança. Destruir uma aliança. Essa situação desestabiliza o terreno plano do relacionamento.

PASSO 01: PARA LIDAR COM A TRAIÇÃO É NECESSÁRIO CONHECER O INTERIOR

Porque a traição te machucou tanto? Essa pergunta pode parecer boba, até mesmo sem sentido, mas é fundamental para iniciar o processo de lidar com a traição.

Abrir os olhos para seu estado emocional e examinar, minunciosamente, as causas de cada sentimento faz com que as feridas sejam, de fato, curadas, e não apenas disfarçadas.

Agir com sinceridade neste momento é imprescindível. Será que a traição me machucou tanto, porquê sou emocionalmente dependente de outra pessoa? Como cheguei a este ponto? Será que minha expectativa com relação ao outro era tão alta que acabei esquecendo de cuidar do meu interior?

Essas questões, em primeiro momento, machucam. Mas, se respondidos abertamente, são o ponto inicial da recuperação.

PASSO 02: ORGANIZE SUAS EMOÇÕES

Agora que você já abriu os olhos para o universo de emoções que há dentro de si, que tal colocar ordem nessa bagunça?

Imagine um cesto em que as roupas limpas e sujas estão misturadas, qual seria sua primeira atitude? Separá-las, correto?

Para lidar com a traição, é necessário fazer o mesmo. Separar as lembranças ruim das boas, sentimentos ruins dos bons e dar um destino para eles .

Talvez, neste momento, tudo está embolado, misturado, como se fosse uma coisa só. Mas, com calma, paciência e determinação, você verá que na sua vida, o número de “roupas limpas” é maior do que o de “roupas sujas”.

E o que fazer com as emoções sujas? Lave!

Lavar uma emoção é crescer com ela. Entenda que até com uma frustração, você pode aprender a ser mais forte, mais amável, mais empático.

PASSO 03: AONDE ESTÁ O SEU FOCO?

No processo de lidar com a traição, é muito fácil perder o foco e se afogar em mágoas. É tentador remoer o passado, criar situações constrangedoras e expressão a raiva e a dor de diversas formas.

Contudo, nossas emoções são como pequenas criaturas que cuidamos ao longo da vida. Se alimentarmos a raiva, ela crescerá. Se alimentarmos as mágoas, elas cresceram.

Por isso, lidar com a traição inclui manter o foco na solução e não no problema. Em vez de olhar para o passado, que é algo imutável, olhe para frente, o futuro, local aonde a felicidade ainda pode habitar.

Você está se curando, crescendo, aprendendo. Valorize sua evolução, sua vida, seu desejo de ser feliz, e se esforce, todos os dias, para viver os planos que criou.

PASSO 04: LIDE COM A FALTA DE AMOR, AMANDO.

Lidar com a traição inclui, obrigatoriamente, amar.

Nossa sociedade, por costume ou cultura, ensina que amar e ser amado é um ato involuntário e quase automático. Porém, se quisermos nos aprofundar no assunto, veremos que amar é uma decisão voluntária.

A questão não é “eu vou tentar amar” e sim “eu vou amar”. Eu vou me amar. Eu vou amar minha vida.

O mundo vive debaixo da lei da semeadura. É um censo comum crer que o que plantamos, certamente, colheremos.

Seguindo esta ideia, se esforce para plantar o amor. Por consequência, em algum momento, você o colherá.

*DICA BÔNUS!

Como superar uma TRAIÇÃO_ (1)

Sim, tenho uma dica bônus para te ajudar a lidar com a traição!

Nessa situação, o sentimento de culpa se torna um fantasma que vive assombrando, dia e noite. Para acabar com ele, compreenda de uma vez por todas: você não tem culpa. A culpa não é sua!

Traições acontecem por diversos motivos, sendo elas em relacionamentos conjugais, de amizade ou profissionais. Porém, em nenhum deles, o membro traído é culpado do ato. Não se martirize por isso.

Por fim, seguindo esses passos e com uma boa dose de tempo, a traição pode passar de um monstro assustador para uma situação de crescimento.

O poder do perdão

O perdão é extremamente poderoso, mas não é tão fácil assim de ser liberado.

Hoje vamos aprender a sua importância, pois assim acredito que será mais fácil usar o santo remédio do perdão nas feridas que existem em seu coração.

Primeiro entenda que é preciso reconhecer a necessidade do perdão. Ele não pode ser  automático, por que agir dessa forma não ajuda a reestabelecer um relacionamento ou  sarar uma dor.

O que é o perdão? 

Imagine que você está preso atrás de grades muito fortes. Não há comida, não há água, ar, condições básicas de sobrevivência. Terrível, não é?

E se pensar que a única chave para se libertar disso se chama perdão?

Até parece fácil, não é?

Mas, essa chave muitas vezes é ignorada pela maioria de nós. Deixando com que o sofrimento continue.

Ela está em nossas mãos, mas há sempre resistência em usá-la.

Aquela frase: “O perdão é libertador” – não poderia estar mais correto.

Ele invade nosso ser como forma de reorganizar toda uma bagunça feita pelo ressentimento, frustração e outros gatilhos inibidores da alegria.

Por que perdoar?   

Quem aí quer viver enjaulado? Ninguém, não é?

Essa é a necessidade de perdoar!

Para esse tópico, peço sua total atenção.

Lembra que falei sobre reconhecer a necessidade do perdão? É aqui que vamos fazer isso.

Algumas pessoas até querem, mas não conseguem perdoar por que estão presas a uma ferida aberta em seu emocional, mas perdoar vai muito além de “deixar para lá”, perdoar é assumir a essência de Cristo!

Isso mesmo, você não leu errado!

Vou repetir: Perdoar é assumir a essência de Cristo.

Jesus veio ao mundo para ser o sacrifício vivo pelos nossos pecados, sem isso, estaríamos condenados ao fogo eterno e com merecimento.

Mas, o Bom Mestre veio mostrar que o amor e a compreensão são muito maiores do que o ressentimento ou o pecado.

Pense em quantas você deixou Deus chateado. Quantas vezes errou, ainda que tentando acertar?

Em todos os momentos, Ele não só te perdoou, como lançou seu pecado no lago do esquecimento e fez com que sua vida fosse restaurada.

Quer exemplo maior do que esse?

Se Ele, em toda a sua glória, nos perdoou e continua a perdoar constantemente, por que não podemos fazer o mesmo e liberar o perdão aqueles que nos fizeram mal?

Essa é a importância do perdão. Usar o que recebemos de Cristo, para mudar a vida de quem ainda não conhece esse tão lindo gesto.

Como liberar o perdão? 

Não estou ignorando o fator dificuldade, sei que não é nada fácil repetir o ato de Cristo. Mas, também não é impossível.

Pense comigo, quando você carrega uma mágoa, quem está sofrendo, você ou a outra pessoa?

Acredite, a resposta é: você!

É você que está aprisionado e não consegue se libertar.

Quando entendemos isso, fica mais fácil perceber que a sua felicidade depende você.

Haja como Paulo disse em Filipenses 3.13 –

“Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,”

O que passou, passou, e não pode ser refeito. Mas, você tem a opção de deixar o passado para trás e viver o melhor de Deus hoje ou então ficar remoendo emoções que nunca vão te levar a lugar algum.

A escolha é sua.

Perdoar não é necessariamente esquecer, mas é lembrar, sem sentir a mesma dor. Compreendendo a situação e aceitando que o passado não pode ser mudado, mas o presente e o futuro dependem de nós.

Afinal, todas as coisas cooperam para o nosso bem. (Romanos 8.28)

Como o perdão afeta outras pessoas? 

Vamos imaginar novamente o exemplo da chave.

Se uma pessoa está presa, com poucas condições de vida e você tem o poder de salva-la, usaria a chave ou não?

A reação automática para essa pergunta é: claro!

Mas, nem sempre isso realmente aconteceu.

Quantas pessoas não estão encarceradas espiritual e emocionalmente por precisarem do perdão de alguém?

Quando você perdoa, devolve o direito à liberdade a uma pessoa que estava presa. A faz voltar a respirar aliviada e tira um sentimento de culpa de dentro do seu coração.

Isso é fazer o bem, fazer o que é certo.

Sempre pratique o perdão

Não é por que você conseguiu perdoar uma vez que a tentação de manter a mágoa não vai aparecer de novo.

Perdoar é um ato diário que deve ser alimentado todos os dias.

Imagine o perdão como uma semente que precisa de cuidados diários e para florescer, você não pode simplesmente se esquecer dela.

E se a pessoa errou 70 vezes com você, a perdoe 71.

Não tenha limites para o perdão. Não coloque os erros dos outros como sendo mais importantes do que a sua paz de espírito.

Quando pedir perdão? 

Sempre e o mais rápido possível!

A vergonha nesses casos é o maior adversário, mas não deixa que ela fale mais alto.

Um grande pregador uma vez disse: “É melhor ficar vermelho por alguns minutos, do que amarelo a vida toda”.

E é verdade, é melhor alguns minutos de constrangimento, do que passar toda a vida pensando que fez mal à alguém e nutrir um sentimento de culpa.

Até por que, quem nunca errou?

Todos já erramos direta ou indiretamente por que somos humanos, mas isso não impede de exercitarmos a essência Divina do perdão em nós.

Espero que este artigo ajude a viver e liberar o perdão!

COMO A OUSADIA ALCANÇA O MILAGRE

Design sem nome (3)

Você acredita que Deus ainda pode fazer o impossível? Se a resposta é sim, então esse artigo é pra você!

Eu acredito que o Senhor ainda faz e continuará fazendo o impossível acontecer na vida daqueles que tem ousadia para tomar posse do sobrenatural que Ele nos oferece.

Hoje, vamos ver como a ousadia pode ser a palavra, ou melhor, a ação que mudará sua vida por completo.

E não tem forma melhor de aprender isso do que nos baseando no que a Palavra nos diz.

Observe este texto do livro de Mateus:

E logo ordenou Jesus que os seus discípulos entrassem no barco, e fossem adiante para o outro lado, enquanto despedia a multidão.

E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só.

E o barco estava já no meio do mar, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário;

Mas, à quarta vigília da noite, dirigiu-se Jesus para eles, andando por cima do mar.

E os discípulos, vendo-o andando sobre o mar, assustaram-se, dizendo: É um fantasma. E gritaram com medo.

Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu, não temais.

E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas.

E ele disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus.

Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me!

E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?

E, quando subiram para o barco, acalmou o vento.”

Mateus 14:22-32

Este é um texto bem conhecido, mas queria apontar alguns ensinamentos contidos nele.

Vamos começar o nosso estudo de hoje?

A ousadia te faz entrar no barco

O texto começa com a seguinte frase: (…) ordenou Jesus (…), em outras traduções diz: Obrigou Jesus, Insistiu Jesus…

O que indica que os discípulos não queriam subir no barco! É, realmente eles estavam com medo e tinham razão para isso.

Afinal, a última vez que estiveram em um barco, Jesus dormiu e eles quase morreram.

Mas, dessa vez é diferente, Jesus não ia com eles. Os discípulos precisavam confiar que, independente do que fosse acontecer, era melhor obedecer ao mandamento de Cristo.

É assim é conosco, se o Pai lhe mandou subir no barco, seja ousado e vá!

Use sua ousadia para acreditar que, mesmo sem saber nadar, algo sobrenatural vai acontecer, única e simplesmente por que foi Ele que mandou.

A ousadia me faz esperar

O texto também diz que eles esperaram até a quarta vigília da noite. Isso equivale a mais ou menos 2 ou 3 da manhã.

Imagina a agonia deles em esperar até de madrugada para ver Jesus chegar?

E pior, pense na escuridão que estava?

Pior ainda, como Jesus ia chegar até eles? Será que tinha outro barco?

É amigo, essas perguntas devem ter passado na mente deles e as vezes passa na nossa também.

Quando e como Jesus vai chegar?

Acho que a última coisa que eles pensariam era que o Senhor chegaria andando sobre as águas no meio da escuridão da madrugada.

E você, como imagina que seu socorro vai chegar? Em um cavalo branco?

Pode ser que as coisas sejam diferentes, extraordinárias, mas são as dirigidas por Cristo que mudam nossas vidas.

É um fantasma!

Uma vez, uma pregadora famosa disse assim: Não é fantasma, é livramento de Deus!

Forte, não é?

Os apóstolos achavam que era um fantasma, afinal, como já disse, um homem andando sobre as águas era o mais improvável possível.

E você, está achando que esse problema veio como um fantasma pra te assustar? Relaxa, enxerga a porta que está se abrindo e não se preocupe, não é fantasma, é livramento!

Isso me faz pensar em outro caso.

Lembra de Paulo e Silas na prisão? O que eles fizeram? Louvaram!

E o que aconteceu a eles? Um TERREMOTO!

Qual a coisa mais inesperada naquele momento? Um terremoto como resposta de Deus. Mas, foi ele que abriu as correntes.

Talvez você esteja vivendo um terremoto, então espere, as cadeias vão se abrir!

Ousadia em ação!

Essa é a parte que mais gosto!

Pedro! Tinha que ser ele…

Enquanto todos estão com medo dentro do barco, o que Pedro faz?

Usa toda a sua ousadia e coloca o pé para fora do barco.

Imagine você, de madrugada, com alguém de forma sobrenatural andando por cima das águas, você iria atrás dele?

Ai que está o problema!

Você quer viver o milagre de Deus, mas não quer sair do barco!

Use a ousadia para tornar o impossível em realidade!

Veja que, quando Pedro andou sobre as águas, nenhum dos discípulos foi atrás dele e me atrevo a dizer que, possivelmente, até ficaram contra ele.

Não se assuste se quem está com você no barco não te acompanhar nessa sua ousada caminhada, mas seja você o primeiro a colocar os pés no oceano e mergulhar no sobrenatural do Senhor.

A dúvida te faz afundar

E para finalizar queria repetir o que o Senhor disse a Josué:

Seja forte e corajoso!

Sua ousadia não pode dar espaço para o medo ou para a dúvida.

Quando Pedro deixou esses sentimentos entrarem em seu coração, eles o levaram para baixo como se fossem uma ancora buscando o fundo do mar.

Não deixe isso acontecer com você.

Afinal, quais motivos temos para duvidar?

O mesmo Deus que abriu o mar, parou o sol, e fez um homem andar sobre as águas, é aquele que te faz prosperar por onde quer que andares.

Quero ver sua vitória, hein?!

Aproveite e compartilhe esse artigo com seus amigos que precisam de ousadia para realizar seus sonhos. Seja um agente multiplicador de bênçãos.

COMO ALCANÇAR O SUCESSO COM PASSOS SIMPLES E QUE VOCÊ PODE FAZER AGORA!

Você sabe por onde começa a caminhada para o sucesso? Acredite, o início desta longa e bela caminhada está em um pequeno detalhe, a gratidão.

Ser realmente grato por aquilo que se tem é a melhor forma de receber e experimentar novos ares. Afinal, quem não valoriza o que tem dificilmente alçará voos maiores.
Segundo o dicionário, gratidão é: Ação de reconhecer ou prestar reconhecimento (a alguém) por uma ação e/ou benefício recebido (…).

Reconhecer a influência de outros em sua jornada é de extrema importância para, não somente alcançar seus sonhos, mas também para ser um apoio ao objetivo de outras pessoas.

Porém, em algumas situações da vida, é difícil ser grato. Os obstáculos encontrados no meio da estrada, às vezes, nos fazer para e pensar: Agradecer pelo quê?

O mundo está cheio de pessimismo, tristeza e angustia, não é? Não.

A vida só está assim para aqueles que se esqueceram de que, todos os dias, um belo nascer do sol é pintado no horizonte, as mais lindas flores se abrem, e mais 24 horas lhe são entregues por Deus para escolher viver o melhor dEle ou se deixar levar pelo acaso.
Agradeça pelo que não vê.

Falar em gratidão pensando naquilo que conseguimos ver é relativamente fácil, considerando que nossos olhos e nossa consciência nos levam a acreditar que este seja, no mínimo, o correto a se fazer.

Mas, como ser grato por aquilo que não é possível ver? Como por exemplo, uma oração, uma lembrança no meio do dia, um sorriso disfarçado quase imperceptível…

Vamos imaginar a seguinte situação: Você perde a hora para acordar, perde o ônibus, chega no serviço com 6 minutos de atraso e seu chefe lhe dá uma bronca, dia ruim, não?
A resposta dessa pergunta dependerá de até onde seus olhos podem ver.

E seu eu dissesse que, neste meio tempo entre o sua casa e seu trabalho, o Senhor o livrou de um acidente?

Pois é, ainda que os olhos naturais estejam fechados, os olhos espirituais precisam estar bem abertos.

Quando nossos olhos são bons, nosso corpo produz luz. Iluminando atitudes, caminhos, respostas e olhares que normalmente passariam despercebidos, nos fazendo enxergar que a gratidão deveria ser nossa companheira diária.

Agradeça pelo que não tem

Uma música da cantora Roberta Spitalletti diz: “A fé é acreditar até quando não posso enxergar, mesmo que o Céu não possa tocar, Eu vou confiar.” – O trecho citado faz referência à bíblia quando diz em Hebreus, capítulo 11, verso 1: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.” (ARA).

Ter fé que aquilo que se espera acontecerá e que o sonho que parece tão distante vai se tornar realidade nos faz mais gratos ao fato de que há Alguém cuidando de tudo.

E isso é verdade, realmente Deus tem cuidado do hoje e do amanhã, então por que levar uma vida afadigada, sendo que Aquele que tem todo poder, também tem o controle de sua vida.

Para comprovar a importância que você tem para Ele, peço que pare agora e olhe para sua mão. O que você vê? Alguns traços sem rumo? Calma, isso é normal!

Mas, quando Deus olha para a palma da mão dEle, acredite, Ele vê você.
Sim, você!

Isaías, capítulo 49, verso 16, parte A diz: “Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei”.

Quer um motivo maior para agradecer do que ter o nome gravado nas mãos do Próprio Deus?

Se seu sonho é ter uma casa própria, agradeça. Se é casar, agradeça. Um carro zero? Agradeça. Não importa qual seja, agradeça. Aquilo que seu coração almeja, o Senhor se encarregou de cuidar e isso já é motivo de acordar sorrindo.

Agradeça pelas lutas

Já ouviu aquela expressão: “Matar um leão por dia?”. Há dias que parece que matamos 15 leões e ainda assim eles não acabam.

E quando os leões, se juntam aos ursos e várias outras feras?

É possível agradecer por isso? Sim!

Quantos você já matou até chegar aqui? Garanto que sua caminhada não foi fácil.
Mas, a cada luta, cada vitória e até mesmo cada derrota te fizeram forte.
Mais forte do que jamais imaginou.

Cada batalha travada, seja no trabalho, nos estudos, vida sentimental, emocional ou qualquer outra área, te fará crescer.

Agradeça pelo fato de estar sempre em movimento, sempre guerreando, fazendo com que a vida tenha sentido.

Agradeça por que, mesmo diante de todas as adversidade, você pode ter o orgulho de dizer: Eu sobrevivi!

Já imaginou o prazer de um guerreiro em dizer: A luta mais difícil que já tive, eu venci!
Alguns até se emocionam, outros por mais incrível que pareça, se esquecem.

Se esquecem que em todas as coisas cooperam para o bem de quem ama a Deus.

Se esquecem que cada cicatriz conta uma história de choro e riso, tristeza e alegria e principalmente fortalecimento.

Agradeça pelos seus motivos.

Ser grato vai muito além de regras. É um estilo de vida.
Quem agradece mais, atrai coisas boas. Quem vive de forma egoísta, acaba sozinho.
Essa é a principal lei da vida.

Após ler este texto, quais motivos você tem hoje para agradecer?

Ainda que não seja uma promoção, um dinheiro extra no fim do mês, ou um objetivo alcançado, agradeça.

Agradeça por que hoje, ainda que seu corpo esteja debilitado, a cura vem aqueles que desejam ardentemente continuar vivendo.

Agradeça pelo ar que respira, pelo amor de um ente querido e principalmente pela possibilidade diária de ser melhor, ser feliz!

Hoje, eu agradeço por que começo uma nova caminhada. Sou grata por ter você aqui, lendo meus posts e se alimentando do melhor que espiritualmente posso compartilhar.

Sou grata por seu uma sonhadora, falando com sonhadores.

Apaixonada pela vida, que compartilha dessa paixão e por ter Fé naquele que nos dá todos os dias razões para agradecer pela simples existência.

Vamos caminhar juntos?

3 BÊNÇÃOS EM 1!

Está escrito: “Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei uma aliança perpétua, dando-vos as firmes beneficências de Davi.”

Para entender melhor, vamos dividir em 3 partes.

1° – “Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi e a vossa alma viverá.” – Você já sentiu que sua alma morreu? Aqueles dias de trevas em que nada parece fazer sentido, que tudo parece ter perdido o brilho e até Deus parece estar distante? A solução para isso está nesse versículo. O Senhor diz que se prestarmos atenção à sua Palavra, nossa alma viveria. Mas, não é só isso. Tem que dar atenção à Palavra, mas também ir até o Pai. Chegar perto dEle, através da oração sincera e entregar-se aos cuidados dEle. Dessa forma, sua alma voltará a viver.

2° – “por que convosco farei uma aliança perpétua” – Você já aceitou Jesus, certo? Mas, o “primeiro amor” já não arde com tanta veemência? Aqui, Deus mostra que Sua Aliança conosco não tem data de validade! Ele continua sendo Deus, Pai e o próprio Amor. Ele te ama com o mesmo fervor de antes, então não tenha medo de voltar aos primeiros passos com Ele, pois seu pacto não tem fim. Esta é a Sua Palavra, temos uma Aliança eterna que nunca será quebrada, pelo menos no que depende dEle.

3° – “dando – vos as firmes beneficências de Davi” – Quem foi Davi? Simplesmente o homem segundo o Coração de Deus, nunca perdeu uma batalha e desfrutava de uma nítida intimidade com o Altíssimo. Nesse trecho, vemos que podemos desfrutar das mesmas bênçãos de Davi, ou seja, assim como o Senhor era com o rei, assim Ele também é conosco, e nós podemos ser tão memoráveis quanto Davi foi e principalmente, podemos ter a mesma intimidade que ele tinha com o Pai.

 

Deixe nos comentários o que achou deste texto 🙂

Deus age em seu favor!

Pedro ou Paulo?

Certa vez, Pedro foi preso e a igreja imediatamente entrou em intercessão por ele. No meio da noite, um anjo do Senhor, veio até a cadeia e de forma simples e descomplicada, abriu as portas e Pedro foi liberto.

Algo parecido aconteceu com o Apóstolo Paulo. Ele também foi preso. No cárcere, Paulo e Silas louvaram a Deus e durante a adoração, um TERREMOTO abriu as cadeias.

Percebeu a diferença? Um, foi liberto de forma, digamos, suave… outro, de forma mais assustadora. As vezes, nossa vida passa por momentos tranquilos e, mesmo na cadeia, o agir de Deus é leve e suave. Outras vezes, parece que estamos no meio de um terremoto, sem saber o que está acontecendo.

Não importa se você, hoje, está no lugar de Pedro ou de Paulo, o importante é que ambos alcançaram o mesmo fim: a liberdade/vitória.

No silêncio ou no barulho, Deus age em seu favor.

Fique em paz!

« Entradas mais Antigas