Arquivos de tags: #força

COMO A OUSADIA ALCANÇA O MILAGRE

Design sem nome (3)

Você acredita que Deus ainda pode fazer o impossível? Se a resposta é sim, então esse artigo é pra você!

Eu acredito que o Senhor ainda faz e continuará fazendo o impossível acontecer na vida daqueles que tem ousadia para tomar posse do sobrenatural que Ele nos oferece.

Hoje, vamos ver como a ousadia pode ser a palavra, ou melhor, a ação que mudará sua vida por completo.

E não tem forma melhor de aprender isso do que nos baseando no que a Palavra nos diz.

Observe este texto do livro de Mateus:

E logo ordenou Jesus que os seus discípulos entrassem no barco, e fossem adiante para o outro lado, enquanto despedia a multidão.

E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só.

E o barco estava já no meio do mar, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário;

Mas, à quarta vigília da noite, dirigiu-se Jesus para eles, andando por cima do mar.

E os discípulos, vendo-o andando sobre o mar, assustaram-se, dizendo: É um fantasma. E gritaram com medo.

Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu, não temais.

E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas.

E ele disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus.

Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me!

E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?

E, quando subiram para o barco, acalmou o vento.”

Mateus 14:22-32

Este é um texto bem conhecido, mas queria apontar alguns ensinamentos contidos nele.

Vamos começar o nosso estudo de hoje?

A ousadia te faz entrar no barco

O texto começa com a seguinte frase: (…) ordenou Jesus (…), em outras traduções diz: Obrigou Jesus, Insistiu Jesus…

O que indica que os discípulos não queriam subir no barco! É, realmente eles estavam com medo e tinham razão para isso.

Afinal, a última vez que estiveram em um barco, Jesus dormiu e eles quase morreram.

Mas, dessa vez é diferente, Jesus não ia com eles. Os discípulos precisavam confiar que, independente do que fosse acontecer, era melhor obedecer ao mandamento de Cristo.

É assim é conosco, se o Pai lhe mandou subir no barco, seja ousado e vá!

Use sua ousadia para acreditar que, mesmo sem saber nadar, algo sobrenatural vai acontecer, única e simplesmente por que foi Ele que mandou.

A ousadia me faz esperar

O texto também diz que eles esperaram até a quarta vigília da noite. Isso equivale a mais ou menos 2 ou 3 da manhã.

Imagina a agonia deles em esperar até de madrugada para ver Jesus chegar?

E pior, pense na escuridão que estava?

Pior ainda, como Jesus ia chegar até eles? Será que tinha outro barco?

É amigo, essas perguntas devem ter passado na mente deles e as vezes passa na nossa também.

Quando e como Jesus vai chegar?

Acho que a última coisa que eles pensariam era que o Senhor chegaria andando sobre as águas no meio da escuridão da madrugada.

E você, como imagina que seu socorro vai chegar? Em um cavalo branco?

Pode ser que as coisas sejam diferentes, extraordinárias, mas são as dirigidas por Cristo que mudam nossas vidas.

É um fantasma!

Uma vez, uma pregadora famosa disse assim: Não é fantasma, é livramento de Deus!

Forte, não é?

Os apóstolos achavam que era um fantasma, afinal, como já disse, um homem andando sobre as águas era o mais improvável possível.

E você, está achando que esse problema veio como um fantasma pra te assustar? Relaxa, enxerga a porta que está se abrindo e não se preocupe, não é fantasma, é livramento!

Isso me faz pensar em outro caso.

Lembra de Paulo e Silas na prisão? O que eles fizeram? Louvaram!

E o que aconteceu a eles? Um TERREMOTO!

Qual a coisa mais inesperada naquele momento? Um terremoto como resposta de Deus. Mas, foi ele que abriu as correntes.

Talvez você esteja vivendo um terremoto, então espere, as cadeias vão se abrir!

Ousadia em ação!

Essa é a parte que mais gosto!

Pedro! Tinha que ser ele…

Enquanto todos estão com medo dentro do barco, o que Pedro faz?

Usa toda a sua ousadia e coloca o pé para fora do barco.

Imagine você, de madrugada, com alguém de forma sobrenatural andando por cima das águas, você iria atrás dele?

Ai que está o problema!

Você quer viver o milagre de Deus, mas não quer sair do barco!

Use a ousadia para tornar o impossível em realidade!

Veja que, quando Pedro andou sobre as águas, nenhum dos discípulos foi atrás dele e me atrevo a dizer que, possivelmente, até ficaram contra ele.

Não se assuste se quem está com você no barco não te acompanhar nessa sua ousada caminhada, mas seja você o primeiro a colocar os pés no oceano e mergulhar no sobrenatural do Senhor.

A dúvida te faz afundar

E para finalizar queria repetir o que o Senhor disse a Josué:

Seja forte e corajoso!

Sua ousadia não pode dar espaço para o medo ou para a dúvida.

Quando Pedro deixou esses sentimentos entrarem em seu coração, eles o levaram para baixo como se fossem uma ancora buscando o fundo do mar.

Não deixe isso acontecer com você.

Afinal, quais motivos temos para duvidar?

O mesmo Deus que abriu o mar, parou o sol, e fez um homem andar sobre as águas, é aquele que te faz prosperar por onde quer que andares.

Quero ver sua vitória, hein?!

Aproveite e compartilhe esse artigo com seus amigos que precisam de ousadia para realizar seus sonhos. Seja um agente multiplicador de bênçãos.

Anúncios

Deus age em seu favor!

Pedro ou Paulo?

Certa vez, Pedro foi preso e a igreja imediatamente entrou em intercessão por ele. No meio da noite, um anjo do Senhor, veio até a cadeia e de forma simples e descomplicada, abriu as portas e Pedro foi liberto.

Algo parecido aconteceu com o Apóstolo Paulo. Ele também foi preso. No cárcere, Paulo e Silas louvaram a Deus e durante a adoração, um TERREMOTO abriu as cadeias.

Percebeu a diferença? Um, foi liberto de forma, digamos, suave… outro, de forma mais assustadora. As vezes, nossa vida passa por momentos tranquilos e, mesmo na cadeia, o agir de Deus é leve e suave. Outras vezes, parece que estamos no meio de um terremoto, sem saber o que está acontecendo.

Não importa se você, hoje, está no lugar de Pedro ou de Paulo, o importante é que ambos alcançaram o mesmo fim: a liberdade/vitória.

No silêncio ou no barulho, Deus age em seu favor.

Fique em paz!

Frustração: Como superar e recomeçar?

A nossa vida é cheia de altos e baixos, alegria e frustração. Nem sempre estamos por cima e as vezes de uma hora para a outra, o mundo gira e tudo o que estava indo bem começa a desandar.
Desde a antiguidade a vida é assim. Basta analisar a vida de José do Egito para ver que, mesmo com a promessa do Senhor, nossa existência terrena é marcada por reviravoltas.
Normalmente a frustração não é compreendida, muito menos aceita.
Afinal, essa é uma dor que precisa ser tratada diariamente, com todo amor e cuidado.
E é isso que eu me proponho a fazer. Não sei o que lhe trouxe essa frustração, mas sei que é possível reverter a situação e dar a volta por cima.

Vamos da cuidar da terra e plantar a semente da vitória sobre essa dor.

Acredito que a cura vem através primeiramente de Deus, pois sem Ele nada somos, mas também do autoconhecimento e é nessa jornada que vou te levar!

Vamos nessa?

ENTENDENDO A FRUSTRAÇÃO

Primeiro precisamos compreender que a frustração não é apenas um sentimento, é um estado emocional que se não for superado pode acarretar distúrbios afetivos.

Não é e não podemos tratar a frustração apenas como um estado momentâneo que logo será esquecido.

Tenha a certeza de que a nossa mente registra tudo e que, se não for resolvido, mais hora – menos hora, tudo será levado à tona como uma grande avalanche de emoções.

IDENTIFIQUE A CAUSA 

A frustração, como já disse, faz parte da vida. Mas, na verdade, o correto é falar: As frustrações, no plural.

Durante nossa caminhada, várias coisas dão errado. Nem sempre tudo sai conforme os planos.

Mas, o importante é identificar cada ponto que o marcou.

Por exemplo: perder o ônibus é frustrante, mas não tanto como perder o emprego.
Entendeu?

Algumas situações nos marcam mais do que outras e são elas que ficam retidas em nosso subconsciente.

É preciso escavar a mente e ver tudo o que já lhe aconteceu e jogar tudo em cima da mesa.

Essa parte é dolorida, mas essencial.

Traga realmente tudo a à tona, vai te machucar, mas também vai te curar.

Faça o exercício:

Pare um momento sozinho, pense na sua trajetória para chegar até aqui e relembre tudo o que deu errado. Depois, analise o quanto aquela situação lhe afetou emocionalmente.
Descubra o que aquilo te causou e vamos trabalhar em cima disso.

RECONHEÇA A DOR

Assumir. Ai… assumir!

É difícil assumir que tal situação lhe machucou, considerando que vivemos em um mundo que nos obriga a ser fortes o tempo todo.

Complicado isso, não é?

Afinal, nosso orgulho e prepotência não nos deixam reconhecer que ficamos tristes, magoados, frustrados…

Mas, não é vergonha para ninguém admitir que tinha expectativas que não foram alcançadas e elas lhe causam feridas.

Feriu sim! Machucou sim! E agora? Vamos tratar!

A CURA DA FRUSTRAÇÃO COMEÇA DE DENTRO PRA FORA

Imagine que você é uma árvore sendo plantada.

Primeiro, suas raízes vão crescendo por baixo da terra, depois aparece um brotinho, pequeno, mas promissor e depois de muito cuidado a tão desejada árvore começa a crescer e aparecer.

Assim também é a cura das nossas emoções.

Tudo começa debaixo da terra, no nosso interior.

Ao invés de tentar mostrar a todos o quanto você é forte e viver de uma aparência que não condiz com a realidade, que tal começar a cuidar do seu íntimo para que ele te torne verdadeiramente uma pessoa feliz?

Responda para você mesmo, seu sorriso reflete seu sentimento?

Caso a resposta seja não, comece a andar sobre esses sentimentos e emoções.
Caminhe lentamente, leve o tempo que precisar.

Vá cuidando de um por um.

Se é a frustração foi causada pela perda de uma oportunidade de emprego. Faça com que sua mente evidencie as lições que você aprendeu com essa experiência.

Tudo pode nos levar para frente, basta saber analisar.

Mexa na sua memória

Hey, não podemos esquecer das coisas boas que a vida nos traz!

Há muita frustração? Há! Mas também tem muita alegria!

Lembre-se das coisas boas que te aconteceram e as valorize acima das frustrações.
Até porque, se você está lendo este artigo agora, já sei que estás vivo e só isso já é motivo de agradecer!

Cada vitória precisa ser comemorada com todo o fôlego, pois é a memória dela que o fará enxergar a possibilidade de vencer qualquer dificuldade.

O segredo é: valorize sempre os pontos positivos.

Seja das frustrações, seja das vitórias, valorize as lições que recebeu, elas são valiosas!

A RECONSTRUÇÃO DO LADO DE FORA

Antes, quero te avisa que o passo anterior pode demorar. É necessário gastar tempo refletindo e extraindo os pontos positivos de uma situação negativa.

É assim que a cura vem.

E depois, vamos fazer o nosso exterior refletir a mudança que está acontecendo em nosso interior.

Depois de extrair forças das frustrações automaticamente seu semblante vai melhor.

Ai, meu amigo(a), não tenha medo de mostrar que a ferida se fechou e que você é uma nova pessoa, mais forte e resolvida.

Uma pessoa que passou por dificuldades, mas aprendeu a lidar com a frustração e a elevar – se a outro nível.

E é ai que começa a melhor parte…

A NOVA BUSCA

Ah, essa parte é maravilhosa!

É nela que temos um choque enorme, um embate extraordinário dentro de si.
Seu sonho foi frustrado? Corra atrás dele de novo!

Mas, e se não der certo mais uma vez?

Esse será o seu primeiro pensamento, eu sei.

Mas, não é uma situação ruim que vai matar toda a força positiva que há dentro de você.
Se deu errado, aprenda com o erro e continue, se der errado de novo, encare como uma preparação, pois o melhor está por vir!

Não deixe de tentar, não desista dos seus sonhos.

Pense em uma história linda aonde depois de tanto quebrar a cara e persistir, a vitória chega com todo o gosto… essa é a sua história!

Acredite, quanto maior a luta, maior a vitória!

Finalizo esse artigo mostrando o que o nosso Senhor disse sobre isso:

“Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará.
Mas o justo viverá pela fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.”
Hebreus 10:37,38

Só leia isso quando não estiver aguentando mais…

36856974_247407322521957_2945852325262000128_n

Quantas vezes você chorou a noite toda se perguntando por quê algo aconteceu ou não aconteceu…

As vezes, a aflição é tanta que suga, aos poucos, nossa vontade de viver. Vemos a esperança indo embora e o pior, as vezes nem sabemos o motivo.

Angustia, aflição, tristeza, dor… os nomes são muitos, mas todos se resumem em um sentimento quase inexplicável que, na verdade, não precisa mesmo ser explicado, apenas resolvido.

E como resolver? Feridas profundas precisam de tratamentos profundos. Um esparadrapo não cura a dor da alma.

Mas você tem orado, se esforçado, derramado sua alma diante de Deus, não é? E por que, ainda assim, a dor não passa? E pior, a angustia parece aumentar.

É, aumenta mesmo. Mas, tem um motivo.

No Evangelho de Lucas, capítulo 22, vemos a aflição do Próprio Cristo. O verso 44 diz que, no momento de maior aflição, Jesus chegou a soar sangue.

O nível de aflição de Cristo foi extremo. Algo que ninguém, nenhum de nós, já experimentou.

E por que? Porque Ele estava próximo de finalizar sua Grande Missão.

Pouco depois, Jesus seguiu seu chamado e se entregou pela humanidade. A redenção chegou, o tempo de Glória chegou.

Depois da angustia, veio a realização. Depois do choro, a redenção.

Por isso, acalme seu coração. Hoje, a luta parece interminável, dolorosa. Mas, não desista! A grande realização da sua vida está prestes a acontecer, só aguenta mais um pouco…